DITADURA DA BELEZA!

Olá meus amores, hoje vim com um post que em breve virará vídeo e o tema é “ditadura da beleza”, escolhido justamente pelo canal/blog ser de beleza. Fiz este texto para um trabalho na escola mas pensando em vocês e sinceramente até fiquei orgulhosa da minha pessoa (risos, risos e risos), então vem ver e depois me conta o que você pensa disso tudo.

 Em uma sociedade onde seguir padrões de beleza é mais importante do que o amor próprio é nitidamente visível uma escravidão da beleza. Para ser aceita (o) você precisa ser magra, alta e comer somente saladas, uma revista ao ser aberta é quase impossível você ver uma gordinha na capa ou se quer ter uma página dedicada à ela. Vários atores e atrizes precisam manter um padrão para “ser exemplo” de “perfeição para o público. 

 A mídia contribui muito para a frustração de uma mulher/menina que é gorda, baixa e usa um cabelo crespo natural, não se vê uma manchete do tipo “AMOR PRÓPRIO VALE MAIS QUE PADRÃO” o que se vê sempre é: “PERCA 5 KILOS EM 3 DIAS, DIETA DA LUA, ESCOVA MARROQUINA, ALISE O CABELO, FIQUE BRANCO…” é muito frustrante você ser excluído por ser gordo ou por pertencer à uma cultura onde se usa cabelos black power e/ou argolas no pescoço, as pessoas passam a ser tratadas como abominação pela sociedade padronizada. A verdade é que ser diferente é abominável, você precisa sempre ser o “perfeito”. As chances para um negro que assume seu cabelo crespo é mínima diante de um branco de cabelos loiro e olhos claros, percebe-se que as pessoas estão alienadas, vivendo de uma maneira que muitas vezes não é o que faz bem.
 Recentemente uma atriz comentou sobre a “ditadura da beleza” e como um ator influencia na vida dos outros, Ela também expôs a sua opinião para o assunto e comentou também do preconceito que as pessoas tinham por ela ter engordado. É triste ver o quanto as mentes estão fechadas para uma aceitação de si mesmo, que o que vale é ser que nem fulano, o que vale é usar algo que está na moda, o que vale é ser igual.
  Chega a ser um absurdo a busca incessante pela “perfeição” de corpo, de cabelo, de cor e etc., o exagero com cirurgias plásticas por exemplo, a pessoa se transforma em outro praticamente. Um exemplo são os “bonecos humanos”, os que buscam ser bonecos,  os que buscam “a perfeição” perdem a própria identidade e muitas vezes a vida, passam a ter uma vida baseada em coisas abstratas e esquecem a verdadeira essência, esquecem que ter nariz pontudo, achatado, pequeno, grande ou o que for é normal; passam a fazer tantas cirurgias para virar um “boneco” que o fogo destrói (digo o plástico). É realmente necessário viver como os outros? Vale a pena perder a identidade para chamar a atenção? Respondendo a primeira pergunta, não é necessário e nunca foi ser perfeito, afinal, um dia morreremos e viraremos pó. Não vale a pena perder a identidade, não vale a pena perder costelas, não vale a pena ter seios gigantes, não vale a pena ser um alienado!
  A “ditadura da beleza” abrange um tema bem interessante que é se auto escravizar para ser algo que não é, muitas vezes é necessário sim se cuidar, fazer uma caminhada, um exercício por questões de saúde, é claro, mas passar a viver na academia, a alisar o cabelo, a seguir tendências para ser linda não é necessário. Se o amor próprio e a auto aceitação fossem cultivados desde sempre pela mídia (maior influência da ditadura da beleza) as coisas seriam bem melhores, o preconceito poderia ser diminuído e a felicidade plena também.
  Se a mídia não fosse tão influenciadora as pessoas viveriam mais para si do que para o mundo, seria bem mais fácil uma mulher se olhar no espelho e ver uma celulite ou uma gordura e falar “Eu me amo assim mesmo”, se isso fosse incentivado muitas vidas seriam preservadas. A necessidade da aceitação é extrema e essa carência leva ao excesso de “se escravizar”, um cirurgião plástico certa vez criticou a magreza excessiva e disse: “O belo é aquilo que agrada” e lamentavelmente só é belo o magro, seios grandes, cabelo liso e etc., e isso deveria ser cultivado até mesmo dentro de casa, a ditadura da beleza existe pela falta de amor próprio e pelo processo de alienação que a mídia impõe.
  Muitos se acham no direito de criticar o cabelo, a roupa, o acessório, o corpo e etc., chegam a fazer uma “reportagem” onde colocam um consultor de imagem pessoal para ver se aquilo está bom, é um absurdo uma pessoa que não é melhor que você querer te ensinar a se vestir, a como usar seu cabelo, que cor usar, isso provoca um bloqueio com você mesmo já que ele é um “profissional” e ele sabe de tudo, um bom profissional deveria pregar a auto aceitação e não o padrão, o conselho que deveria ser dado era “você está linda assim” e não “muda seu cabelo, essa cor não combina”; A BELEZA DÓI e dói porque a sociedade é alienada e todos precisam ser iguais, e nós muitas vezes nos deixamos ser levados por isso,muitas vezes um rapaz fere o psicológico de uma moça ao dizer que só ficará com ela quando ela emagrecer, tiver cabelos lisos e usar roupas da moda, pode muitas vezes existir o amor entre ambos mas a padronização é mais importante que o amor. A inspiração em outras pessoas famosas acaba quebrando o consciente de uma pessoa. Seja sua inspiração. O diferente é abominável para quem é igual.
  Não importa se você é branco, preto, baixo, alto, tem cabelo liso ou cacheado, é magra ou gorda, se usa acessórios de outras culturas, te deixo um lembrete para a vida “VOCÊ É LINDA, VOCÊ É PERFEITA” assim mesmo como você está. Tenha o prazer de se olhar no espelho assim como você é,não siga padrões e sim o seu coração,não importa os comentários dos outros mas o que importa é você e você!
  Fechando um assunto “polêmico” deixo um recado para a mídia alienada “PAREM DE BUSCAR A PERFEIÇÃO, BUSQUEM O AMOR PRÓPRIO”.
 
“Você é linda e não precisa seguir padrões para se sentir assim, afinal, o diferente assusta”
-Sidnéya Batista
E ai, gostaram? Me digam nos comentários e aguarde o vídeo 🙂
Beijosss
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s